domingo, 20 de novembro de 2011

Pulverize-se

Foi um afronto, uma guerra
Minha negação, tua vitória
Acredite, venceste
Ao não estar comigo
Acredite,
Eu não te faria feliz.
Mas sobraram-me tuas cartas
A lembrança de uma tarde clareada
Minto
Minha memória nunca foi boa
É que eu não te amei... 

Nenhum comentário: