segunda-feira, 8 de junho de 2015

Eu previa, eu previa tudo em minha vida e isso a obstinava. Eu previa porque era o óbvio e eu sempre soube dizer o óbvio. Eu previa o dia em que arrancarias de mim minha incontestável natureza e me olharias nos olhos com teu sarcasmo perverso, acreditando que havias roubado o melhor de mim. Eu previa o dia em que minha própria fé me trairia tornando-me um mar de ceticismo. 

Nenhum comentário: