quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Pensei em escrever hoje, escrever o que anda habitando meus pensamentos, rondando minhas neuroses. Pensei em escrever e descobri que não o conseguiria através da poesia, talvez um artigo, um bilhete, uma matéria no jornal. Uma eclosão de pensamentos pela falta de sentimentos que tenho por todos. (A não ser por ele que mora dentro de mim). Pensei em escrever e falhei, meu abismo entre minha caneta tinteiro imaginária e o papel virtual. O abismo entre o que calo e o que preciso gritar - sempre fica algo engasgado no meio do caminho e minha garganta entupida dói a cada novo olá. Pensei em escrever e assim pensando, falhei... acabei por não escrever nada. 

Um comentário:

Brunna Côrtes disse...

eu senti um arrepio por dentro