terça-feira, 7 de maio de 2013

Mas todo amor

Eu vou te dizer isso apenas uma vez hoje, e não satisfeita, repetirei todos os dias enquanto estivermos juntos. Às vezes repetirei apenas com os olhos, com os beijos e também deixarei claro em todos os presentes aquilo que te direi apenas uma vez hoje. E saiba: repetirei pois não me canso de dizer, não me canso de você, tão pouco me canso de gritar ao mundo ou sussurrar em teu ouvido o que te direi apenas uma vez hoje, pois toda vez que deito no parapeito do teu corpo, olhando para a janela dos meus sonhos, noto que agora eles - meus sonhos - são realidade e reafirmo mais uma vez o que te direi, percebo o quão puro, profundo e assustadoramente novo é o que sinto, o que reside em mim como você, intacto em meu coração. Aqui vives em paz, mas posso estar enganada. Porém, do que não estou enganada é de que contigo vivo em tranquilidade, como quando finalmente você pega no sono e descansa, me sinto assim constantemente contigo: segura. Você é a minha calma, o que eu encontro todos os dias ao dormir e rememoro ao acordar. E é por isso que te direi hoje apenas uma e logo, inúmeras: Eu te amo.

Nenhum comentário: